Nos Tempos do Coronavírus

Aqui os pais encontram dicas para lidar com o recesso escolar.

Mantendo o ânimo

A  A  A     

 


As duas primeiras semanas de quarentena não devem ter sido tão difíceis assim. O bombardeio de informações e sugestões nos manteve ocupados e dispostos.

Mas à medida que o tempo passa, é possível que seus filhos comecem a desanimar e a não se interessar pelas atividades propostas. 

Lembre-se de que a quarentena vai demorar. Estamos só no começo e não há nenhuma solução mágica. O tempo e a perseverança serão nossos maiores aliados no combate ao coronavírus.

Portanto, pode ser a hora de rever os esquemas adotados.

No caso das crianças e adolescentes, a solução adotada pela escola que frequentam vai definir a organização. Estabeleça os horários de estudo a partir das rotinas propostas pela escola.

Com os pais em home-office, é preciso conciliar também as tarefas deles com a rotina das crianças.  Se essas tarefas puderem ser feitas em qualquer horário, os pais podem se revezar no atendimento às crianças.
 
E os horários das crianças também podem ser alterados. Não há problema em ficarem vendo tv ou jogando videogame até mais tarde se no dia seguinte não tiverem nenhum compromisso. Mas deixe claro que se tiverem um compromisso escolar cedo, como uma aula online, deverão dormir no horário em que dormiriam se estivessem indo às aulas. É só combinar as regras e fazer os ajustes.

Essa alternância de cenários pode reduzir o estresse da monotonia e do confinamento. 



compartilhe em: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google